Como distinguir jovens atletas que tencionam continuar a praticar desporto dos que não tencionam continuar a fazê-lo?

  • Cláudia Dias
  • Nuno Corte-Real
  • André Barreiros
  • Robert Brustad
  • António Manuel Fonseca
Palabras clave: Autodeterminação, Motivação Intrínseca, Competência Desportiva, Objectivos de Realização, Intenções

Resumen

O objectivo do presente estudo consistiu em verificar se seria possível distinguir jovens atletas que tencionavam continuar a praticar desporto dos que equacionavam não continuar a fazê-lo, com base nos seus objectivos de realização, crenças sobre a competência desportiva, competência percebida, motivação intrínseca e autonomia na prática. A amostra foi constituída por 3330 atletas de ambos os sexos, com idades entre os 10 e os 18 anos. Os sujeitos preencheram as versões portuguesas do Questionnaire de Conceptions Relatives à la Nature de l´Habilité Sportive, do Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire, do Intrinsic Motivation Inventory, do Relative Autonomy Index, do Physical Self-Perception Profile, e, ainda, o Questionário sobre a Intenção de Praticar Desporto. Os resultados mostraram que, com base no conhecimento do modo como os jovens se percebiam (em relação à sua competência e autonomia) e posicionavam (que objectivos procuravam alcançar e que motivação intrínseca apresentavam) relativamente à sua prática desportiva, foi possível distinguir entre aqueles que tencionavam continuar envolvidos na prática desportiva e os que não o tencionavam fazer. À intenção de continuar associaram-se a motivação intrínseca, a autodeterminação, a competência percebida, e a crença de que a competência desportiva não é específica; à intenção de não praticar desporto na época seguinte associaram-se formas de motivação menos autodeterminadas e a crença de que a competência desportiva é algo específico a um contexto ou actividade. Apesar de genericamente semelhantes, as respostas dos atletas dos dois sexos sugeriram algumas ligeiras diferenças entre eles e elas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
28-11-2015
Sección
Psicología del Deporte