Efeitos psicossociais do Yoga: ouvir as vozes de professores de Yoga portugueses experientes.

Resumen

Resumo. A maioria da investigação sobre os efeitos da prática do Yoga centra-se em estudos empíricos da área médica sendo escassos os estudos centrados nos seus efeitos psicossociais. Este estudo pretende conhecer as opiniões de professores experientes de yoga, portugueses, com muita experiência de prática e leccionação de Yoga, sobre os efeitos psicossociais da prática do yoga. Pretende-se conhecer em que medida o Yoga influenciou as suas vidas e relatar testemunhos que evidenciem a sua perceção.

Utilizou-se uma metodologia qualitativa, com entrevistas semiestruturadas a dez professores, cinco de cada sexo, com idades entre os 40 e os 95 anos, dois com mais de 90 anos, todos com muita experiência prática (Manos= 45,8  e SD=16,47)  e de lecionação (Manos =34,2  e SD=13,48).  As entrevistas, individuais, foram gravadas e transcritas integralmente. O conteúdo dos dados foi analisado com o programa AtlasTi7 e  realizou-se uma Análise Temática, com a divisão dos conteúdos em temas e categorias emergentes.

Os resultados indicam que todos os professores consideram que a prática de Yoga tem efeitos psicossociais positivos, nomeadamente, a nível da melhoria do bem-estar físico e social, do bem-estar espiritual, do optimismo, da satisfação com a vida, da felicidade, da resiliência, da atenção plena e das auto-avaliações nucleares.

Publicado
06-11-2018
Sección
Psicología del Deporte