Disponibilidad de metadatos en linked data para repositorios digitales

Palabras clave: Web Semántica, Linked Data, repositorios digitales, metadatos

Resumen

Considerando la expansión de la producción científica en ambientes informacionales digitales y las nuevas formas de disponibilización de datos siguiendo los principios Linked Data, se objetivó discutir posibilidades de relacionamiento de datasets y enriquecimiento semántico de metadatos en repositorios digitales. Adicionalmente, presentar un modelo de conversión de registros en RDF. Es una investigación teórica y exploratoria, que realizó una revisión bibliográfica sobre repositorios digitales y Linked Data. Se demostraron posibilidades del proceso de conversión, con la identificación de bases de datos, vocabularios y estándares que deben ser adoptados para que los datos generados sean enriquecidos semánticamente. El trabajo presenta un modelo que refleja los pasos a ser aplicados durante el proceso de disponibilización de metadatos de un repositorio digital en Linked Data. Se concluye que la integración entre repositorios digitales y las tecnologías de la Web Semántica permite la disponibilización de datos en Linked Data, la cual proporciona nuevos medios para la divulgación y la integración de los recursos en la Web.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Felipe Augusto Arakaki, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" - UNESP/Marília, Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual paulista "Júlio Mesquita Filho" - UNESP/Marília e graduado em Biblioteconomia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus de Marília. É integrante do Grupo de Pesquisa "Novas Tecnologias em Informação" e do Grupo de Pesquisa "Dados e Metadados". Trabalha como bibliotecário no IFSP - Presidente Epitácio. Áreas de interesse incluem a Ciência da Informação, principalmente nos temas: Biblioteca escolar, Representação e organização da informação, Catalogação, Catalogação Automatizada, Metadados, Interoperabilidade, Padrões de Metadados, Dublin Core, BIBFRAME, Schema.org, Web Semântica e Linked Data.
Caio Saraiva Coneglian, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Doutorando e Mestre em Ciência da Informação na UNESP. Possui graduação em Ciência da Computação. Tem experiência na área de Ciência da Computação e Ciência da Informação, com ênfase em Web Semântica, Banco de Dados e Repositórios Digitais, atuando principalmente nos seguintes temas: Recuperação de Informação, modelagem de dados, NOSQL, XML, Ontologias.
Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Livre-docente em Catalogação pela UNESP (2010), doutora em Letras - Semiótica e Lingüística Geral pela FFLCH/USP (1994), mestre em Ciência da Informação pela PUC de Campinas (1983) e bacharel em Biblioteconomia pela UNESP (1980). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da FFC/UNESP, na linha de pesquisa Informação e Tecnologia. Vice-Lider do Grupo de Pesquisa ? Novas Tecnologias em Informação (GP-NTI). Desenvolve suas pesquisas nas temáticas: Metadados, Catalogação e Tecnologias, Intersemiose Digital, Redes de Informação, Mapa do Conhecimento Humano. Pesquisadora CNPq, coordenadora do GT8 - Informação e Tecnologia, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação - Ancib (2013-2016). Editora da revista Informação & Tecnologia (Itec), membro do corpo editorial das revistas Brazilian Journal of Information Science: research trends e Revista Eletrônica Informação e Cognição. Parecerista ad hoc de agências de fomento e de periódicos científicos, participa como revisora e como membro de Comitês Científicos de periódicos científicos em Ciência da Informação no Brasil e no exterior. Membro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação ? ANCIB e membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Ciência Cognitiva ? SBCC.
José Eduardo Santarem Segundo, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto.
Doutor e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP-Marília/SP; Professor Doutor no Departamento de Educação, Informação e Comunicação, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP); Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília na linha de Informação e Tecnologia. Coordenador do GT8 - Informação e Tecnologia, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB). Atua na linha de pesquisa - Ambientes Digitais e Tecnologias Aplicadas a Informação e Comunicação - , com ênfase em Web Semântica, Linked Data, Dados Abertos e Acervos Digitais. Lider do NEWSDA - Núcleo de Estudos em Web Semantica e Dados Abertos. Recebeu o Prêmio de Melhor Tese pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB) - Ano 2011. Recebeu também Menção Honrosa no Prêmio Capes de Teses - 2011 (Ciências Sociais Aplicadas)

Citas

ALVES, R.C.V. y SANTOS, P.L.V.C.A. Metadados no domínio bibliográfico. Intertexto: Niterói, 2013.

ALVES, R.C.V. Metadados como elementos do processo de catalogação. 2010. 132 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)–Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

ALVES, R.C.V. Web semântica: uma análise focada no uso de metadados. 2005. 180 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2005.

ARAKAKI, F.A. Linked Data: Ligação de Dados Bibliográficos. 2016. 146 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília. 2016.

BACA, M. (ed.). Introduction to Metadata: pathways to digital information. Los Angeles, CA: Getty Information Institute, 1998.

BAKER, T. Libraries, languages of description, and Linked Data: A Dublin Core perspective. Library Hi Tech, 2012, vol. 30, nº 1, Mar, p. 116-133.

BAKER, T. et al. Library Linked Data Incubator Group Final Report. W3C Incubator Group Report, 2011. [online]. Disponível em: http://www.w3.org/2005/Incubator/lld/XGR-lld-20111025/ [Consultado: 06 abril 2017].

BAPTISTA, A.A. y MACHADO, A.B. Um gato preto num quarto escuro: falando sobre metadados. Revista de Biblioteconomia de Brasília, 20011, vol. 25, nº 1, p. 77-90.

BERNERS-LEE, T. Linked Data: Design Issues. W3C, 2006. [online]. Disponível em: http://www.w3.org/DesignIssues/LinkedData.html [Consultado: 06 abril 2017].

BERNERS-LEE, T.; HENDLER, J. y LASSILA, O. The Semantic Web. Scientific American, 2001, May, p. 29-37.

BYRNE, G. y GODDARD, L. The Strongest Link: Libraries and Linked Data. D-lib Magazine, 2010, vol. 16, nº 11/12, p. 0-0.

CHOWDHURY, G.G. y CHOWDHURY, S. Metadata. In: ______. Organizing information from the shelf to the web. London: Facet Publishing, 2007, p. 139-155.

CONARQ. Diretrizes para a implementação de repositórios arquivísticos digitais confiáveis - RDC-Arq. Rio de Janeiro, CONARQ, 2015. [en línea]. Disponível em: <http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/images/publicacoes_textos/diretrizes_rdc_arq.pdf [Consultado: 06 abril 2017].

CONFEDERATION OF OPEN ACCESS REPOSITORIES. 7 things you should know about…Linked Data. 2017. [online]. Disponível em: <https://www.coar-repositories.org/activities/repository-observatory/second-edition-linked-open-data/7-things-you-should-know-about-open-data/ [Consultado: 06 abril 2017].

COYLE, K. y BAKER, T. Guidelines for Dublin Core application profiles. Dublin Core Metadata Initiative. 2009. [online]. Disponível em: <http://dublincore.org/documents/profile-guidelines/ [Consultado: 06 abril 2017].

DUFF, W. y MCKEMMISH, S. Metadata and ISO 9000 Compliance. Information Management Journal, 2000, vol. 34, nº 1.

DUVAL, E. et al. Metadata principles and practicalities. D-Lib Magazine, 2002, vol. 8, nº 4.

GONÇALEZ, P.R.V.A. Repositórios arquivísticos digitais confiáveis: identificação de requisitos com ênfase no acesso à informação. 2017. 166 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)-Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2017.

HAUSENBLAS, M. 5 estrelas dos dados abertos. [online]. Disponível em: <http://5stardata.info/pt-BR/ [Consultado: 06 abril 2017].

LATIF, A.; BORST, T. y TOCHTERMANN, K. Testing the HathiTrust Copyright Search Protocol in Germany: A Pilot Project on Procedures and Resources. D-lib Magazine, 2014, vol. 20, nº 9/10, p.0-0.

LEITE, F.C.L. Como gerenciar e ampliar a visibilidade da informação científica brasileira: repositórios institucionais de acesso aberto. Brasília: IBICT, 2009.

LOD2. LOD2: Creating Knowledge out of InterLinked Data. [online]. Disponível em: <http://aksw.org/Projects/LOD2.html [Consultado: 06 abril 2017].

LÓSCIO, B.F.; BURLE, C. y CALEGARI, N. Data on the Web Best Practices. W3C, 2017. [online].

Disponível em: <https://www.w3.org/TR/dwbp [Consultado: 06 abril 2017].

MÉNDEZ RODRÍGUEZ, E. Metadatos y recuperación de información: estándares, problemas y aplicabilidad en bibliotecas digitales. Trea: Espanha, 2002.

MILLER, P. Interoperability: What Is It and Why Should I Want It?. Ariadne, 2000, vol. 24, p.0-0.

POMERANTZ, J. Metadata. USA: The MIT press essential knowledge series, 2015.

RILEY, J. Understanding metadata what is metadata, and what is it for? EUA: NISO, 2017,

SEGUNDO, J.E.S. y CONEGLIAN, C.S. Web semântica e ontologias: um estudo sobre construção de axiomas e uso de inferências. Informação & Informação, 2016, vol. 21, nº 2, p. 217-244.

SAYÃO, L.F. Interoperabilidade das bibliotecas digitais: o papel dos sistemas de identificadores persistentes - URN, PURL, DOI, Handle System, CrossRef e OpenURL. Transinformação, 2007, vol. 19, nº 1, p. 65-82.

SIMIONATO, A.C. Modelagem conceitual DILAM: princípios descritivos de arquivos, bibliotecas e museus para o recurso imagético digital. 2015. 200 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2015.

SIMIONATO, A.C. Representação, acesso, uso e reuso da imagem digital. 2012. 141 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2012.

VIDOTTI S. A.B.G. et al. Coleta automática para povoamento de repositórios digitais: conversão de registros utilizando XSLT. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2016, Bahia, 2016. Anais... Bahia: ANCIB; UFBA, 2016, p. 1-21.

WEIBEL, S. Metadata: the foundations of resource description. D-Lib Magazine, 1995, vol. 1, nº 1.

ZENG, M.L. y QIN, J. Metadata. New York: Neal-Schuman Publishers, 2008.

ZENG, M.L. y QIN, J. Metadata. 2. ed. New York: Neal-Schuman Publishers, 2016.

Publicado
23-09-2019
Cómo citar
Arakaki, F. A., Coneglian, C. S., Santos, P. L. V. A. da C., & Santarem Segundo, J. E. (2019). Disponibilidad de metadatos en linked data para repositorios digitales. Anales De Documentación, 22(2). https://doi.org/10.6018/analesdoc.327441
Sección
Artículos