A prática de Hatha Yóga melhora os sintomas de estresse e humor de corredores?

Hatha Yóga e sintomas de estresse e humor de corredores

  • Roberta Luksevicius Rica Departamento de Educação Física. Universidade Estácio de Sá, Vitoria, ES, Brasil.
  • Roberta Luksevicius Rica Departamento de Educação Física. Universidade Estácio de Sá, Vitoria, ES, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6145-1337
  • Gerson dos Santos Leite Departamento de Educação, Curso de Educação Física. Universidade Nove de Julho, SP, Brasil.
  • Lucas Sfair Barreto Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental do Centro de Educação Física e Desporto. Universidade Federal do Espirito Santo, Vitoria, ES, Brasil.
  • João Marcelo de Queiroz Miranda Grupo de Estudo em Pedagogia do Esporte e Movimento. Universidade Cidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.
  • Welmo Alcântara Barbosa Laboratório de Fisiologia e Bioquímica Experimental do Centro de Educação Física e Desporto. Universidade Federal do Espirito Santo, Vitoria, ES, Brasil.
  • Danilo Bocalini

Resumen

Introdução: A pratica de Yóga é reconhecida por seus diversos benefícios, contudo considerando  pratica como estratégia de gerenciamento do estresse gerados pelas cargas de treino em atletas não esta claro na literatura. Objetivo: avaliar os efeitos de uma sessão de pratica de Hatha Yóga (HY) nos sintomas de stress e no estado de humor de corredores. Metodologia: Após uma semana de altas cargas de treinamento (volume de 45,0 ± 15,0 km percorridos na semana) vinte corredores amadores com idade ≥18 anos participaram voluntariamente de uma sessão de HY sendo composta de 10 minutos de exercícios de controle da respiração, 15 minutos de exercícios de aquecimento, 50 minutos de posturas de yoga e 10 minutos de relaxamento. Antes (An) e apos (Ap) a prática todos os corredores responderam os o inventário de sintomas de stress e questionário de humor (POMS). Resultado: 67% dos indivíduos foram classificados em fase de resistência e 33% em fase de pré-exaustão, após a prática de HY todos os indivíduos não apresentaram sintomas de stress. Em relação aos parâmetros do estado de humor diferenças significativas (p<0,01) foram encontradas na tensão (An: 12±2, Ap: 5±2), depressão (An: 10±2, Ap: 2±2), raiva (An: 13±2, Ap: 3±2), fadiga (An: 15±2, Ap: 7±2), confusão mental (An: 12±2, Ap: 5±2) e vigor (An: 12±3, Ap: 20±3) após a pratica de HY. Conclusão: nossos dados indicam que a pratica de HY pode contribuir para minimizar o estresse e as alterações negativas nos estados de humor decorrentes de uma semana intensificada de treinamento.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
09-07-2019
Sección
Psicología del Deporte