Examen de la enseñanza rural en el sur del Brasil:

instrumento de política educacional y de formación.

  • Flávia Obino Corrêa Werle Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Ana Maria Carvalho Metzler UNISINOS
  • Daniela Gertsch UNISINOS
  • Miriã Zimmermann UNISINOS
Palabras clave: Impresos educativos, educación rural, política educacional, historia de la educación.

Resumen

Los documentos de políticas educacionales son producidos en varios contextos, presentan discursos diferenciados e instan al lector a producir interpretaciones, llenar lagunas y dar varios sentidos al texto, otras veces limitan a uniformizar las interpretaciones. En el sur del Brasil la Secretaría de Estado de Educación y Cultura publicó, en la década de 1950, el Boletín Educación Rural. Era un instrumento de politica, una publicación en formato revista de contenido diversificado, cuya temática principal trataba sobre el mundo rural transitando aspectos como las instituciones, los actores, el papel de la educación y politicas para el sector. En este trabajo se analiza la importancia de esos impresos, el contenido y contexto en el que el que circuló al tiempo que se avanza en una reflexión acerca de las temáticas presentadas en esta publicación como artículos, noticias, hechos administrativos y el contenido pedagógico tocante a la vida rural.

Citas

ARRIADA, Eduardo. A educação secundária na Província de São Pedro do Rio Grande do Sul: a desoficialização do ensino público. Porto Alegre: PUCRS, 2007. Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Tese de Doutorado.

BASTOS, Maria Helena Câmara. “As revistas pedagógicas e a atualização do professor: a Revista do Ensino do Rio Grande do Sul (1951-1992)” en: CATANI, Denice Bárbara; BASTOS, Maria Helena Câmara. Educação em revista: a imprensa periódica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 1997, pp. 47-76.

CATANI, Denice Bárbara; SOUSA, Cynthia Pereira de (coord.). Imprensa periódica educacional paulista (1890-1996): catálogo. São Paulo: Plêiade, 1999.

DESAULNIERS, Julieta B. Ramos. “A formação via impresso”, en: CATANI, Denice Bárbara; BASTOS, Maria Helena Câmara. Op.Cit., p.143

EDUCAÇÃO RURAL. Boletim da Superintendência do Ensino Rural da Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 1º de março de 1954.Ano I. N.º 1. 35p.

EDUCAÇÃO RURAL. Abril e Maio de 1954, Nº 2/3. 93 p.

EDUCAÇÃO RURAL. Junho/Agosto de 1954, Nº 4/6. 233p.

EDUCAÇÃO RURAL. 1954/55. 320p.

EDUCAÇÃO RURAL. 1956. 374p.

EDUCAÇÃO RURAL. Junho de 1957. 347p.

EDUCAÇÃO RURAL. Junho de 1958. 652p.

ESTATÍSTICAS DO SÉCULO XX (CD-Rom) (2008), Rio de Janeiro, IBGE, ISBN 85-240-3080-1.

NÓVOA, Antonio. “A imprensa de educação e ensino”, en: CATANI, Denice Bárbara; BASTOS, Maria Helena Câmara. Op.Cit. pp. 11-32.

QUADROS, Claudemir de. Centro de Pesquisas e Orientação Educacional – CPOE/RS: discursos e ações institucionais. Porto Alegre: UFRGS, 2005. Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Educação, Tese de Doutorado.

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 4.258. Regulamento da Diretoria Geral da Instrução Pública. 21 jan. 1929. (Centro de Documentação/SEC-RS).

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 5.969. Cria a Secretaria de Estado dos Negócios da Educação e Saúde Pública. Porto Alegre. 26 jun. 1935. (Centro de Documentação/SEC- RS).

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 6.105. Cria o Conselho Estadual de Educação. Porto Alegre. 25 nov. 1935. (Centro de Documentação/SEC- RS).

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 1.163. Institui o Conselho Estadual de Educação. Porto Alegre. 31 ago. 1946. (Centro de Documentação/SEC- RS).

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 89. Reorganiza a Instrução Pública do estado. Porto Alegre, 2 fev. 1897. (Biblioteca da Assembléia Legislativa /RS), alterado por: RIO GRANDE DO SUL. Decreto n. 3898. Expede novo Regulamento da Instrução Pública. Porto Alegre, 4 out. 1927 (Biblioteca da Assembléia Legislativa/RS).

SILVA, Ruth Ivoty Torres da. Educação Primária Rural. Porto Alegre: Globo, 1957.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. METZLER, Ana Maria Carvalho. BRITO, Lenir Marina de Sá y MERLO, Cinthia Colao. “Um espaço esquecido de formação do professor: a Escola Normal Rural”, en: TAMBARA, Elomar y CORSETTI, Berenice. Instituições escolares de formação de professores no Rio Grande do Sul. Pelotas/RS: Editora da UFPel, 2008.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. “Contextualizando a escola rural: Rio Grande do Sul final do século XIX e início do século XX”. Série Estudos – Periódico do Mestrado em Educação da UCDB, Campo Grande, n.20, p. 97 – 110, jul./dez. 2005.

WERLE, Flávia Obino Corrêa, BRITO, Lenir Marina de Sá, NIENOV, Gisele. “Escola Normal Rural e seu impresso estudantil” en: Educação em Revista, Belo Horizonte, n.45, pp. 81 – 108, jun. 2007.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. “Ancorando quadros de formatura na história institucional. 28ª”. Reunião Anual da ANPED, Caxambu/MG: Anped, 2005. CDROM, 16 páginas. (GT Historia da Educação).

Cómo citar
Corrêa Werle, F. O., Carvalho Metzler, A. M., Gertsch, D., & Zimmermann, M. (1). Examen de la enseñanza rural en el sur del Brasil:. Naveg@mérica. Revista electrónica Editada Por La Asociación Española De Americanistas, (4). Recuperado a partir de https://revistas.um.es/navegamerica/article/view/99871
Sección
Artículos