Da imitaçao do profeta. Emir al-Qadir

  • Emir Abd Al-Qadir

Resumen

Ibn ʿArabī -o Šayḫ al-Akbar (“o Maior dos mestres”), como é conhecido entre seus discípulos- não fundou propriamente uma ṭarīqa. No entanto, sua baraka (influência espiritual) permaneceu sendo transmitida tanto por meio de sua rūḥāniyya (presença o entidade espiritual) quanto por meio da transmissão ininterrupta ao longo dos séculos da ḫirqa (manto) akbari (nome derivado da expressãoal-Šayḫ al-Akbar) entre seus discípulos. Dentre estes, um dos mais notáveis foi ʿAbd al-Qādir.

Filho e neto de sufis, sua filiação à silsila akbariyya deu-se já em sua juventude, sendo, desse modo, dirigido e ensinado diretamente pela rūḥāniyya de Ibn ʿArabī.
Não obstante ele, como é comum entre “as gentes da Via”, teve mestres vivos, dentre eles seu próprio pai. Seu nome encontra-se no centro do chamado “renascimento akbari”, tendo realizado a primeira edição das Futūḥāt makkiyya, obra maior de Ibn ʿArabī.
O capítulo aqui traduzido foi extraído da tradução francesa feita por M. Chodkiewicz de trechos do Kitāb al-Mawāqif (Livro das Paradas), em que o Emir comenta versos do Corão.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
22-11-2017
Cómo citar
Al-Qadir, E. A. (2017). Da imitaçao do profeta. Emir al-Qadir. El Azufre Rojo, 1(1). https://doi.org/10.6018/azufre.311671
Sección
Artículos