Agroecologia no Brasil – 1970 a 2015

  • Manoel Baltasar Baptista da Costa
  • Monique Souza
  • Vilmar Müller Júnior
  • Jucinei José Comin
  • Paulo Emílio Lovato
Palabras clave: Histórico, avanços recentes, desafios, agricultura orgânica

Resumen

Este artigo faz um histórico do movimento agroecológico no Brasil, desde o início das discus- sões sobre o tema até os anos atuais. Começando com as primeiras indagações sobre os impactos gerados pelos sistemas produtivos vigentes no auge da Revolução Verde, é abordada a forma em que a discussão ganhou volume dentro de algumas organizações sociais, no mundo e no Brasil, inclusive incentivando a criação de outras organizações ambientalistas. Também são relatados alguns trabalhos pioneiros na discussão do movimento ambientalista, como os primeiros relatórios sobre impactos do uso de agrotóxicos e os efeitos do modelo reducionista de agricultura nas várias esferas agroecológicas. Por fim, apresenta-se um cenário recente do movimento agroecológico no Brasil, que ganhou força com a criação da Associação Brasileira de Agroecologia – ABA e da Articulação Nacional de Agroecologia – ANA, bem como dos investimentos do Governo Federal via políticas públicas de incentivo.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
24-07-2017
Cómo citar
Baltasar Baptista da Costa, M., Souza, M., Müller JúniorV., José CominJ., & Emílio LovatoP. (2017). Agroecologia no Brasil – 1970 a 2015. Agroecología, 10(2), 63-75. Recuperado a partir de https://revistas.um.es/agroecologia/article/view/300831
Sección
Artículos